Fonte: GBLjeans.

Empresa anunciou uma parceria com a Levi’s para o desenvolvimento de roupas interativas que chegarão ao mercado no próximo ano.


Em paralelo ao Google Glass e relógios com múltiplas funções, o Google I/O, uma das divisões de pesquisa do gigante das buscas, está investindo em um projeto que visa integrar tecidos condutores de informações às roupas do dia a dia. A iniciativa é chamada de Projeto Jacquard, nome do inventor francês Jacquard Loom, que revolucionou a indústria têxtil e ajudou a pavimentar o caminho para a computação moderna.

Similares às telas dos celulares, estes tecidos poderiam registrar o toque do usuário e transmitir informações para outros lugares, como para um smartphone ou  um tablet. As roupas seriam tecidas de fios condutores de diversas cores com resistência ao processo de fabricação, podendo ser produzidas nos mesmos teares do vestuário tradicional, segundo informações divulgadas pelo Google.

A empresa também anunciou a renovação da parceria com a Levi’s para o desenvolvimento de roupas interativas que permitirão, por exemplo, enviar uma mensagem de texto usando a manga de uma jaqueta ou um dos bolsos. As duas companhias prevêem a integração da tecnologia a uma linha de vestuário já no próximo ano, mas não detalharam o tipo de roupa nem quanto vai custar.

O Projeto Jacquard foi uma das várias iniciativas resultantes do Grupo de Tecnologias Avançadas e Produtos do Google que inclui também o Projeto Soli, uma tentativa de usar minúsculos radares que podem detectar movimentos e gestos delicados para manipular qualquer interface digital de forma remota.

Não são poucos os projetos futuristas do Google, embora grande parte da atenção seja dirigida para a divisão X que está desenvolvendo carros autônomos, mas que deve demorar uma década para chegar ao mercado. A idéia do Grupo de Desenvolvimento de Tecnologias Avançadas e Produtos, no entanto, é a criação de dispositivos que podem chegar ao público no máximo em cinco anos.