As peças finais ficam com uma aparência única e guardam os veios das folhas de Teca.

Engenheiros bioquímicos estão trabalhando dentro de laboratórios para chegar em uma alternativa disruptiva para as nossas tradicionais, altamente poluentes e crueis matérias-primas mais comuns na moda como couro, lã, seda, algodão e viscose. O que está sendo criado dentro desses laboratórios é prêmio de uma corrida milionária e algumas start-ups estão chegando cada dia mais perto dessa solução. Mas Nina Rössler, a mulher por trás da marca Nuvi Nomad, pegou uma rota diferente para encontrar uma alternativa igualmente valiosa.

Enquanto viajava pelo sudeste asiático, a designer alemã olhou para a natureza e para práticas ancestrais para criar os conceitos de Nuvi Living e Nuvi Nomad, enraizados em suas crenças sociais e ambientais, e também em sua paixão pelas artes e pelo ioga. Por meio da Nuvi Nomad, Nina produz bolsas, carteiras, bagagem e cintos com o Nuvi Leaf®, um material inspirado nas práticas patrimoniais tailandesas de produção de papel Saa com folhas de Teca, árvore típica da região.

Para fazer o negócio acontecer, Nina saiu da Alemanhã e se estabeleceu na província de Chiang Mai, conhecida por sua produção de papel Saa e produção têxtil. Com a demanda da produção de papel artesanal caindo, a comunidade local foi ficando cada vez mais carente. O objetivo de Nina é também dar uma nova direção e manter vivo o que antes era um conhecimento esquecido e sem valor. Tudo acontece de lá: a produção do Nuvi Leaf®, o design, corte, costura e venda.

‘Couro’ a partir de folhas.

De acordo com Nina, as folhas de Teca são usadas para produção de papel e material para telhado, por conta de seu tamanho e resistência. Mas a jornada do papel e telha para uma alternativa ao couro não foi linear. Nina e seu time precisaram fazer muitas pesquisas antes de chegar no resultado final. Ela confiou no seu instinto e aceitou o desafio porque sabia haver algo precioso ali.

“Eu encontrei algumas dessas folhas transformadas em papel, e algumas tinham um aspecto tipo de papel alumínio, e eram usadas para capas de livros e pequenas bolsas”, explica Nina. “Adorei a ideia, mas vi dois aspectos problemáticos. O primeiro deles é, em comparação com outros países, na Alemanha temos uma compreensão profunda da sustentabilidade. O segundo aspecto são os padrões de alta qualidade que não eram atendidos. Depois de três anos de testes e desenvolvimento conseguimos chegar numa material satisfatório”. Nuvi Leaf® é vegano aprovado pela PETA, sem crueldade, 95% natural – e Nina ressalta que ela e sua equipe estão trabalhando duro para chegar em 100%. O material também é antibactericida, além de repelir água e sujeiras.

O processo de produção do Nuvi Leaf® é artesanal e inspirado nas práticas tradicionais tailandesas de produção de papel Saa.

A Nuvi Nomad produz bolsas, malas, carteiras e outros acessórios usando o ‘couro’ de folha e vende para o mundo todo.

O começo de uma jornada.

A marca está bem no começo de sua jornada, significando que ainda há muito por vir. O próximo passo de Nina é levar o ‘couro’ de folhas para Europa e coloca-lo nas mãos de artesãos acostumados a trabalhar com couro animal. “Não seria interessante oferecer a eles uma alternativa com a qual trabalhar?”, ela me pergunta de forma retórica. Na minha mente eu consinto que sim, claro. Muito pode ser alcançado quando artesãos habilidosos encontram materiais inovadores.

A marca também está com uma campanha no Kickstarter para aqueles que quiserem colocar suas mãos nesse produto inovador. Você pode checar aqui.

Por enquanto, os produtos da Nuvi estão disponíveis apenas via e-commerce, com entrega global, mas uma loja física está nos planos para o futuro. “Eu acredito que uma experiência de compra num lugar bonito e na companhia de uma boa vendedora que pode contar a história do produto aumenta o senso de identificação além de criar uma boa memória. É o tipo de coisa que você não consegue fazer online”, Nina explica. Mas como a Nuvi é o show de uma mulher só, ela precisa dar uma passo de cada vez. “Nós definitivamente estamos ansiosos para que a Nuvi cresce, se aprimore e abocanhe um bom pedaço do mercado de acessórios de couro”.

Se o bom karma funcionar para Nina, a marca provavelmente conseguirá: 10% dos lucros de cada venda é doado para a Yogamour Global, um centro de ioga sem fins lucrativos estabelecido em Chiang Mai. Seu trabalho na comunidade e serviço gratuito de saúde beneficiam crianças de tribos próximas vivendo em áreas subrepresentadas ao fornecer acesso à saúde básica, educação e água limpa.
Fonte: Modefica.