GIOVANNA NADER E RAQUEL VITTI LINO, NOMES À FRENTE DO PROJETO GAVETA / CORTESIA

Neste final de semana, uma boa dica para quem estiver em São Paulo é dar um pulo na 7ª edição do Projeto Gaveta, que acontece neste sábado (07.10) no MIS (Museu da Imagem e do Som). Recentemente o FFW conversou com Giovanna Nader, um dos nomes à frente do projeto ao lado de Raquel Vitti Lino.

O evento é um festival de moda sustentável e conta com uma programação completa a fim de possibilitar aos participantes uma imersão no universo do consumo consciente e da moda produzida com princípios sustentáveis.

Por isso, a novidade desta edição fica por conta da Feira Gaveta. Paralalelamente à já conhecida troca de roupas, a Feira reunirá cerca de 40 marcas engajadas em sustentabilidade não só na moda (como Borogodó do Brechó, Frou Frou Vintage Shop, Lucid Bag, Muambê, vintage&amigos, A Fine Mess, be.or, Casa Dobra, entre outras), como também na arte, cultura, design, música, fotografia e gastronomia (Kiro, La Mitad, ÔTI artesanal, Veggies na Praça), com comidas e bebidas naturais, orgânicas e artesanais.

Isso porque Giovanna e Raquel perceberam que, muitas vezes, as pessoas deixam de se tornar um consumidor consciente por não conhecerem ou não terem acesso às marcas que participam do movimento slow fashion. “Com a realização destes eventos, percebemos que as pessoas estão seguindo menos tendências a fim de se diferenciar, usando a moda para expressar sua autenticidade e personalidade”, diz Raquel. “O objetivo do Gaveta é proporcionar uma nova experiência de  consumo”.

O evento conta ainda com uma série de bate-papos, workshops, oficinas e duas exposições: a Gaveta apresenta: Instalação Brechó Replay “Signos das Ruas” com Kelton Campos aka 1996. O artista intervirá numa instalação composta por bandeiras que funcionam como paredes reproduzindo a real identidade do grafite ao trazer signos das ruas para representar a arte própria deste espaço; e Descascado, que virá a São Paulo pela primeira vez. A mostra, que é uma parceria do Gaveta com o Coletivo Tripé, reúne fotos de 10 personas que, de alguma maneira, humanizam o Rio de Janeiro e foram convidadas a se despirem de suas “cascas”.

Com exceção dos workshops, o evento é gratuito. Confira a programação completa:

Abertura

10h: Feira Gaveta

Workshops

10h às 13h: Upclycling de Bordado com Clube do Bordado (20 vagas)

Os participantes aprenderão a executar quatro variados pontos de bordado livre, entre linha de algodão e pedraria, suficientes para renovar qualquer peça do guarda-roupa através das sugestões de ilustrações para interferência indicadas pelos instrutores. Cada participante deverá levar uma peça para ser customizada. Ingresso: R$ 200 – compre aqui.

10h às 13h: Conserto de Calçados (15 vagas)

Os participantes terão uma visão geral sobre o panorama do cenário econômico atual do setor calçadista e os impactos ambientais, sociais e fisiológicos gerados pela indústria, além da visão sobre as etapas de criação do calçado nos vieses de desenvolvimento, corte e preparação, pesponto, montagem e materiais. Ingresso: R$ 180,00 – compre aqui.

10h às 13h: Oficina SOS Costura com Roupa Livre + A Costureirinha (20 vagas)

A oficina será realizada por Mari Pelli, da Roupa Livre e Elisa Dantas, da Costureirinha, que ensinarão aos participantes a fazer ajustes básicos. Serão ensinadas técnicas de costura à mão que darão autonomia para os participantes fazerem consertos em suas peças e seguirem as utilizando ajustadas aos seus tamanhos e sem deixar que fiquem encostadas por conta de furinhos ou pequenos defeitos. Ingresso: R$ 150,00 – compre aqui.

13h às 16h: Oficina de Costura Básica Lixo Kit Zero com Roupa Livre + Alinha (12 vagas)

A oficina será realizada com reuso de tecidos em que os participantes irão confeccionar guardanapos e ecobags, além de serem instruídos sobre técnicas diversas, como corte dos tecidos das peças, fazer barras simples, confecção de sacolas simples, colocação de alças e fechos com cordinhas. Ingresso: R$ 180,00 – compre aqui.

Talks

14h: Rebobine, por favor

15h30: Fashion Revolution

17h: Jornalismo de moda e a moda consciente

Fonte: FFW.