Conheça a iniciativa que aproxima os mercados de moda, beleza e design com a arte indígena

Projeto Kaapu (Foto: Campos Photo)

O Projeto Kaapu, iniciativa do EcoEra com a missão de aproximar os mercados de moda, beleza e design com a arte indígena, aterrissa em Curitiba nos dias 18 e 19.08.

A primeira parada será o espaço assinado pela arquiteta Elaine Zanon e pela designer Claudia Machado, na Artefacto.

As peças desenvolvidas pelas índias de uma das comunidades Wai Wai com as sementes de morototó e técnicas de crochê poderão ser apreciadas pelos próximos 12 meses na loja da Artefacto, no bairro do Batel. A inauguração vai acontecer na sexta-feira, 18 de agosto, em um coquetel para convidados na loja.

No dia 19, das 10 às 17h, na multimarca Namix, será apresentada coleção-cápsula de vestidos, tops e saias produzidos na tribo em Inajá, utilizando técnicas de customização e integrando o trabalho de tear e bordados em sementes de morototó.

Cada peça pode alcançar o uso de mais de mil sementes e, por serem de tamanho e delicadeza muito particulares, exigem grande habilidade por parte das índias artesãs.  “Estamos cada vez mais preocupados em apresentar projetos de moda integrados à sustentabilidade na Namix. Com a ajuda do EcoEra, estamos desenhando uma agenda de ações que possam disseminar informações e práticas conscientes para nossas clientes”,  afirma Michelle Jamur, proprietária da multimarca.

Saiba mais sobre o Projeto Kaapu no perfil do Instagram @ecoera e na hashtag #projetokaapu.

Namix: Rua Recife, 51, Curitiba, Paraná
Artefacto: Rua Comendador Araújo, 672, Curitiba, Paraná

Fonte: Vogue Brasil.