Fonte: Textile Industry.

O sentido do fio do tecido interfere significativamente sobre o caimento do tecido sobre o corpo. O fio do molde pode ser usado em três sentidos diferentes.


Fio no sentido do Urdume: É o sentido do fio mais usado, fio paralelo a ourela. Na moulage esse sentido do fio pode ser utilizado quando se deseja modelar uma roupa que vai ficar próximo ao corpo ou num modelo de roupa que não requer elasticidade.

Fio no sentido Transversal (paralelo à trama): Neste sentido o tecido proporciona mais elasticidade do que se trabalhado no sentido do urdume. Utiliza o sentido transversal em peças largas ou em tecidos estampados ou com brilho. Posicionamento do tecido no manequim: Fixar o tecido no busto de forma que a ourela fique paralela à linha do busto, da cintura e dos quadris.

Fio no sentido Viés: Esse sentido do fio é utilizado quando se quer um corte leve e suave, peças sem pences, ou drapeados suaves. Posicionamento do tecido no manequim: Dobre uma extremidade do tecido em uma linha diagonal à ourela, criando um ângulo de 45 graus.

Ao iniciar a moulage é importante experimentar os três sentidos do fio para ter certeza do caimento do tecido. É essencial conhecer as características de determinados tecidos para utilizá-los de forma correta e desenvolver uma boa peça.